No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Política


03/12/2017 | 11h15min

Lula segue na liderança da corrida presidencial, indica pesquisa

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) está isolado em segundo lugar, com 17% a 19%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança da corrida presidencial de 2018, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado. A depender do cenário, o petista aparece com 34% a 37% das preferências. O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) está isolado em segundo lugar, com 17% a 19%.

 

No cenário em que Marina Silva (Rede) é incluída no levantamento, ela fica com 9%, acima de Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT), ambos com 6%. Dois dos nomes citados como possíveis candidatos no campo governista, o ministro Henrique Meirelles (PSD) e o presidente Michel Temer (PMDB), aparecem com apenas 1%.

 

Marina anunciou neste sábado que será candidata a presidente no ano que vem. Já Alckmin se fortaleceu como pré-candidato do PSDB nas últimas semanas, depois de o prefeito de São Paulo, João Doria, dar sinais de que não entrará na disputa pelo cargo.

 

Nas simulações de segundo turno feitas pelo Datafolha, Lula vence em todos os cenários. Ele também ampliou a vantagem sobre Alckmin, Marina e Bolsonaro, em comparação com os resultados da pesquisa anterior, feita no final de setembro. Em confronto direto contra Alckmin, o petista venceria por 52% a 30% se o segundo turno fosse hoje. Na pesquisa de setembro, o placar era de 46% a 32%. Contra Marina, a vantagem seria de 48% a 35% (44% a 36% no levantamento anterior). Se Bolsonaro fosse o adversário, Lula ganharia por 51% a 33% (47% a 33% em setembro).

 

O Datafolha também testou dois cenários de primeiro turno sem Lula com candidato. Nesses casos, a taxa de votos nulos ou brancos dobraria, chegando a 30%, e Bolsonaro teria 21%, seguido por Marina (16% a 17%) e Ciro (12% a 13%). O ex-presidente pode ser impedido de concorrer se a condenação imposta pelo juiz Sérgio Moro, de 9 anos e 6 meses de prisão, for confirmada em segunda instância da Justiça.

 

Como eventual candidato do PT, no lugar de Lula, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad teria apenas 3%.  O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que foi convidado pelo PSB a disputar a sucessão de Temer, figura com 5% em um dos cenários da pesquisa.

 

O Datafolha fez 2.765 entrevistas entre 29 e 30 de novembro, em 192 cidades. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou menos. O nível de confiança é de 95% - em cada 100 pesquisas, 95 ficariam dentro da margem de erro.


Veja também:


20/11/2018 | 09h55min

» Economia: Novo edital do Mais Médicos é publicado no Diário Oficial

20/11/2018 | 09h53min

» Economia: Começa o pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep

20/11/2018 | 09h51min

» Política: Bolsonaro anuncia permanência de Wagner Rosário na CGU


Comentários:


Voltar ao topo