No ar:

Ouvir!     

» Geral » Meio Ambiente


22/03/2018 | 09h41min

Jaguari é modelo na região na coleta de óleo de cozinha

Somente no período de janeiro a março de 2018 já foram coletados pela empresa no município 600 litros

Lucele Zanini distribui as bambonas nos locais de armazenagem. Foto: DivulgaçãoLucele Zanini distribui as bambonas nos locais de armazenagem. Foto: Divulgação

Jaguari,  vem sendo modelo para o  interior do Rio Grande do Sul, na coleta de óleo de cozinha para dar um destino final adequado ao produto, evitando que ele venha contaminar o meio ambiente.

 

O projeto de coleta faz parte do Programa Reciclação coordenado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente. De acordo com a bióloga Lucele Zanini, coordenadora do programa, para proceder a coleta e destinação adequada ao resíduo, o município firmou parceria com a empresa Alto Uruguai-Reciclagens de Óleos Vegetais, e distribuiu bambonas para armazenagem do produto em bares, lancherias e restaurantes.

 

Conforme Lucele, somente no período de janeiro a março de 2018 já foram coletados pela empresa no município 600 litros de óleo de cozinha.  Ela frisa que atualmente existem na cidade 11 estabelecimentos que fazem a armazenagem dos resíduos de frituras, para que posteriormente a empresa Alto Uruguai faça a devida coleta.

.

A bióloga jaguariense destaca que o óleo de cozinha já utilizado contamina milhares de litros de água, se descartado de maneira incorreta, podendo trazer graves danos para o ambiente, inclusive, levando a destruição de muitas espécies que vivem nesses habitats. Ela enfatiza que além da conscientização, o projeto prevê a coleta e destinação final adequada do produto. “Este óleo reaproveitado pode ser utilizado na produção de ração para animais, bem como do biodiesel”, conclui a coordenadora do programa.

 

 


Veja também:


20/07/2018 | 15h48min

» Meio Ambiente: Lavagem dos contêineres será feita todo o mês

20/07/2018 | 15h40min

» Meio Ambiente/Pecuária: Sistema Silvipastoril volta a ser alternativa para o cultivo de materiais florestais

20/07/2018 | 15h33min

» Denúncia: Abandono de animais cresce em Santiago; adoção é incentivada


Comentários:


Voltar ao topo