No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h30min às 06h45min

Ouvir!     

» Geral » Política


18/12/2017 | 16h43min

Iradir Pietroski é eleito presidente do TCE-RS

Marco Peixoto despediu-se do cargo de presidente agradecendo o trabalho de todos os servidores

Marco Peixoto entrega o cargo a Pietroski. Foto: DivulgaçãoMarco Peixoto entrega o cargo a Pietroski. Foto: Divulgação

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) Marco Peixoto transmitiu a presidência da Corte para o conselheiro Iradir Pietroski nessa segunda-feira (18), em sessão solene realizada no auditório Romildo Bolzan na sede do Tribunal. Pietroski foi eleito por indicação unânime de seus pares, em sessão especial do Conselho, para o mandato de um ano, renovável por mais um.

 

Marco Peixoto despediu-se do cargo de presidente agradecendo o trabalho de todos os servidores do TCE-RS e desejou sucesso ao novo dirigente. “Fico honrado de ter tido a oportunidade de trabalhar com um quadro tão qualificado e dedicado na busca das boas práticas na administração pública. Espero que o conselheiro Iradir possa continuar o trabalho de aproximação aos agentes públicos e que tenha êxito em sua gestão”, disse.  

 

Em seu discurso de posse, o novo presidente destacou a confiança que deposita no TCE-RS, afirmando que “a Instituição conta com servidores vocacionados e extremamente preparados para as altas responsabilidades que possuem”. Pietroski também reiterou o compromisso com o ideal democrático. “Todos que trabalham na Administração Pública, em geral, e nos Tribunais de Contas e Casas Legislativas, em especial, devem desprezar as ditaduras por todos os motivos, mas também pelo fato de que só há controle externo possível em uma democracia”, assegurou o conselheiro.

 

Presidente anuncia criação do Centro de Avaliação de Políticas Públicas

 

Ainda durante seu discurso de posse, o presidente Iradir Pietroski anunciou a criação do Centro de Avaliação de Políticas Públicas (CAPP), seguindo proposta formulada pelo Serviço de Auditoria de Porto Alegre do TCE-RS.

 

Com a nova estrutura, dedicada permanentemente à avaliação da qualidade do gasto público, o objetivo é oferecer aos gestores uma contribuição decisiva para uma gestão qualificada em áreas fundamentais, a começar pela Saúde, pela Segurança Pública e pela Educação. “Essas são, aliás, nessa ordem, as prioridades elencadas pela população do Rio Grande do Sul em várias pesquisas de opinião ao longo dos últimos anos”, salientou Pietroski.

 

Com o Centro de Avalição de Políticas Públicas, o Tribunal de Contas do RS construirá uma referência também a partir das recomendações e soluções sugeridas aos administradores públicos.  “A gestão pública deve ser o lugar da mudança e da inovação, do debate realizado com respeito e profundidade, do compromisso com a qualidade e com a vida das pessoas”, explicou o presidente, afirmando a importância de articular o conhecimento científico, as pesquisas, a transparência e a medição de resultados para avaliar de forma eficaz as políticas públicas em curso.

 

A primeira vice-presidência do TCE-RS ficará a cargo do conselheiro Estilac Xavier, enquanto Cezar Miola será o 2º vice; o conselheiro Pedro Figueiredo será o ouvidor, e o conselheiro Marco Peixoto, o corregedor. Alexandre Postal e Algir Lorenzon serão presidentes da 1ª e 2ª Câmaras, respectivamente.

 

Membro do Tribunal desde maio de 2010, Pietroski é formado em pedagogia pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA).  Foi vereador e prefeito do Município de Erval Grande e presidiu a Associação dos Municípios do Alto Uruguai (AMAU). Foi deputado estadual por cinco mandatos consecutivos pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e secretário de Estado do Trabalho, Cidadania e Assistência Social. Presidiu a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul de 2005 a 2006. Durante a presidência do conselheiro Marco Peixoto, foi vice-presidente do TCE-RS.

 
 
 


Veja também:


22/05/2018 | 16h26min

» Política: Marcha dos Prefeitos em Brasília: saúde, educação e verbas federais na pauta do prefeito de Santiago

22/05/2018 | 15h11min

» Eleições 2018: Santiago já ultrapassa a 40 mil eleitores

22/05/2018 | 14h28min

» Saúde: Santiago ainda não atingiu a meta de vacinação da gripe


Comentários:


Voltar ao topo