No ar:

Ouvir!     

» Geral » Segurança


24/04/2018 | 15h59min

Inaugurada em Santiago a delegacia especializada na repressão aos crimes rurais e abigeato

"Trata-se de uma ação que irá proporcionar mais tranquilidade àqueles que tanto fazem pelo nosso estado", ressaltou o secretário Cezar Schirmer

Cezar Schirmer durante a inauguração. Fotos: Ieda BeltrãoCezar Schirmer durante a inauguração. Fotos: Ieda Beltrão

Foi inaugurada na tarde desta segunda-feira (24) a primeira Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) do Rio Grande do Sul.  

 

A inauguração da unidade, contou com a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, do chefe da Polícia Civil, Emerson Wendt e demais autoridades. 

 

Para o delegado regional Charles Nascimento, a Decrab vem para reforçar o combate aos crimes rurais, que vem sendo atacado com toda a força necessária, e já com bons índices positivos. 

 

O titular da Decrab, delegado Guilherme Milan Antunes destacou que a delegacia em Santiago só foi possível graças às doações de produtores rurais e empresários locais e de Capão do Cipó, que adquiriram toda a estrutura de mobiliário, informática, climatização e instalação elétrica, dando condição de funcionamento.  A equipe é composta por um delegado titular e mais quatro agentes, podendo o contingente ser aumentado, de acordo com a demanda.

 

O delegado lembra que está delegacia tem sua área de abrangência na 21ª Região Policial, entretanto ela pode atuar em todo o estado conforme a demanda.

 

Redução em 25,5%

 

De acordo com Wendt, os índices de abigeato reduziram 25,5% em todo o estado em relação a 2016. Muito disso se deve ao trabalho específico desenvolvido pelas forças policiais, como a força-tarefa da Polícia Civil e as patrulhas rurais da Brigada Militar.

 

Criadas por decreto, assinado pelo governador em 31 de agosto de 2017, as Decrabs fazem parte de um esforço da Segurança Pública em especializar as rotinas de investigação, diminuindo os indicadores de criminalidade - a exemplo do que vem sendo feito com as delegacias especializadas em crime de lavagem de dinheiro.

 

As unidades exercerão as atividades de polícia judiciária ligadas aos crimes de abigeato e demais crimes patrimoniais relacionados à atividade rural, especialmente os que tenham por objeto material insumos, defensivos e maquinários agrícolas.

 

"Trata-se de uma ação que irá proporcionar mais tranquilidade àqueles que tanto fazem pelo nosso estado. O setor primário é um dos alicerces da economia e da identidade do Rio Grande do Sul. Portanto, faz-se necessária essa atenção especial", frisou Schirmer.

 

As outras delegacias foram instaladas em Bagé (já inaugurada) Camaquã, Cruz Alta e Rosário do Sul. Para Wendt, as Decrabs representarão um reforço significativo no trabalho, mas não obterão o sucesso esperado sem a participação efetiva dos municípios.

 

"É fundamental que as prefeituras abracem a causa e as tornem parceiros nesta jornada, pois o poder público municipal é responsável pela fiscalização dos estabelecimentos, podendo interditar aqueles que comercializam produtos sem a devida procedência", explicou.

 

 


Veja também:


20/05/2018 | 14h47min

» Saúde: Conheça a diferença entre dengue, zika e chikungunya

20/05/2018 | 14h33min

» #ficaadica: Receitas caseiras que ajudam no combate ao Aedes aegypti

20/05/2018 | 14h22min

» Meio Ambiente: Medidas de combate ao mosquito Aedes aegypti


Comentários:


Voltar ao topo