No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Política


31/03/2017 | 13h51min

Impasse do transporte escolar pode estar perto do fim

Deputado Miguel Bianchini ( PPL) informou que três lotes de Santiago já foram liberados e as empresas já estão sendo chamadas

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta semana, o deputado estadual do PPL, Miguel Bianchini denunciou o descaso e incompetência de setores da Secretaria Estadual de Educação em relação ao transporte escolar.

 

Segundo ele, no dia 24 de janeiro as empresas de Santiago entregaram a documentação, mas só neste mês o processo começou a andar “mas abaixo de insistência”, comenta o parlamentar. Chegou pedir, inclusive a substituição dos responsáveis por isso, por estarem causando um enorme prejuízo á comunidade escolar rural.

 

Disse que  o estado tem dinheiro, o que existe é má vontade e descaso, não só com a cidade de Santiago, mas como outros municípios da região. Bianchini observou que é impossível resolver o transporte escolar, no início do  ano letivo. Em Santiago são 08 lotes ( 03 deles regularizados); em Jaguari 22 lotes (17 regularidades) em São Francisco de Assis 18 lotes (13 regularizados).

 

Informou que na escola Moises Vianna, localizada na Vila Florida, interior de Santiago, a diretora e professores contribuíram com recursos próprios, para garantir a presença dos alunos no educandário. Espera que na semana que vem tudo esteja resolvido para tranquilidade dos pais, alunos e professores.

 

E a última informação repassada pelo deputado Bianchini, é de a três lotes de Santiago já foram liberados e as empresas já estão sendo chamadas. A liberação dos demais pode ocorrer até o final da tarde pelo setor responsável da Secretaria Estadual de Educação.


Veja também:


20/02/2018 | 17h07min

» Pecuária: Para onde irão os Novilhos? Seminário inicia nesta quarta

20/02/2018 | 16h07min

» Meio Ambiente: Equipes de controle e combate à dengue continuam ativas em Santiago

20/02/2018 | 15h32min

» Meio Ambiente: Entulhos e resíduos gerados em residências são de responsabilidade dos moradores


Comentários:


Voltar ao topo