No ar:
Amanhecer Nos pampas -    06h00min às 06h45min

Ouvir!     

» Geral » Economia


14/12/2017 | 09h59min

Governo libera hoje abono salarial de 2016 para nascidos em dezembro

Nos próximos meses serão liberados os pagamentos para os nascidos de janeiro a junho

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O Ministério do Trabalho liberou hoje (14) o pagamento do abono salarial do PIS/ Pasep ano-base 2016 para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos no mês de dezembro. Este é o sexto lote de pagamento. O dinheiro está disponível nas agências da Caixa ou casas lotéricas de todo o país.

 

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, lembra que existe um calendário de pagamento, baseado no mês de nascimento do trabalhador, que precisa ser observado. “Trabalhador, não deixe de ficar de olho no calendário para não correr o risco de deixar de receber esse dinheiro que é tão importante. É um benefício e um direito do trabalhador brasileiro”, destaca.

 

O abono salarial de 2016 começou a ser pago em 27 de julho deste ano e estará disponível para saque a todos os trabalhadores até 29 de junho de 2018. Depois dessa data, os valores que não forem sacados retornarão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para pagamento do abono salarial do próximo ano e do seguro-desemprego.

 

O calendário de pagamento é de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Nos próximos meses serão liberados os pagamentos para os nascidos de janeiro a junho. Já foram liberados os recursos para os trabalhadores privados nascidos de julho a novembro e para os servidores públicos com finais de inscrição de 0 a 4.

 

Nesse período, foram pagos R$ 6,88 bilhões a 9,35 milhões de trabalhadores, 38,16% do total. Ainda há R$ 11,14 bilhões para serem pagos.

 

EBC


Veja também:


20/07/2018 | 15h48min

» Meio Ambiente: Lavagem dos contêineres será feita todo o mês

20/07/2018 | 15h40min

» Meio Ambiente/Pecuária: Sistema Silvipastoril volta a ser alternativa para o cultivo de materiais florestais

20/07/2018 | 15h33min

» Denúncia: Abandono de animais cresce em Santiago; adoção é incentivada


Comentários:


Voltar ao topo