No ar:
Missa - Igreja Matriz    09h00min às 10h00min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Cinema


21/06/2017 | 09h52min

Gal Gadot recebeu 300 mil dólares para interpretar Mulher-Maravilha

É bem abaixo do mercado

Foto: Mario Anzuoni/Reuters/DivulgaçãoFoto: Mario Anzuoni/Reuters/Divulgação

O filme "Mulher-Maravilha" deve alcançar a marca de 600 milhões de dólares a nível mundial nesta semana, um montante imensamente maior do que o recebido pela estrela do filme, Gal Gadot. De acordo com a imprensa norte-americama, a atriz de 32 anos teria recebido 300 mil dólares para protagonizar o longa.

 

A revista Variety foi a primeira a noticiar o fato, ainda em 2014, quando revelou que a israelense havia assinado um contrato neste valor para cada uma das três obras pra qual foi escalada, "Batman vs. Superman", "Mulher-Maravilha" e o próximo "Liga da Justiça".

 

Considerando que Gadot era um nome novo no universo cinematográfico americano - ela era mais conhecida como Gisele da franquia "Velozes e Furiosos" - fazia sentido ela receber um salário considerado de entrada. Entretanto, o valor é surpreendentemente baixo se comparado a outros atores que atuaram em filmes de super-herois, mostrando o gap salarial de gênero existente em Hollywood. De acordo coma Forbes, Henry Cavill ganhou 14 milhões de dólares por "Homem de Aço", também na condição de ator ainda não muito conhecido pelo público. Como ele apontou no ano passado, "eu não estou apenas fazendo isso pela arte".

 

É tradicional que os atores recebam um bônus pelas bilheterias, e bastante provável que Gadot ainda receba uma parte dos lucros, mas em comparação a outros salários e a inegável diferença entre o recebido por homens e mulheres, o valor segue abaixo do mercado.


Veja também:


23/09/2017 | 17h57min

» Saúde: Testes indicam que vacina contra zika pode prevenir a transmissão na gravidez

23/09/2017 | 17h51min

» Clima: Horário de verão pode mesmo ser extinto este ano; governo quer ouvir sociedade

23/09/2017 | 17h49min

» Economia: Caixa reduz para 50% limite para financiamento de imóveis usados


Comentários:


Voltar ao topo