No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Saneamento


16/04/2018 | 16h42min

Estação de Tratamento de água da Corsan não trabalha mais no limite

As obras devem ficar prontas no final do primeiro semestre deste ano

Atualmente a Estação poderá produzir até 280 litros/segundo. Foto: Ieda BeltrãoAtualmente a Estação poderá produzir até 280 litros/segundo. Foto: Ieda Beltrão

A Corsan, unidade de Santiago, já conta com a ETA Compacta em pleno funcionamento, auxiliando  à convencional, apesar das reformas que ainda continuam na Estação de Tratamento de Água.

 

Conforme o gestor da unidade, Joel  Jung Bonfim, as obras devem ficar prontas no final do primeiro semestre deste ano.

 

Observou que existe água de sobra no sistema, com a barragem cheia, devido às chuvas. Joel lembra que no verão a demanda ficou em 150 litros por segundo, mas no forte do calor chegou até 180 litros/segundo. Hoje o sistema já está automatizado. Os motores são acelerados na medida em que a cidade exige mais água.

 

Atualmente a Estação de Tratamento de Água da Corsan poderá produzir até 280 litros/segundo. Diariamente são produzidas 24 caixas  de água elevadas, uma caixa por hora, equivalente a 500 metros cúbicos cada que  abastecem 20  mil e 200  economias, com 17 mil hidrômetros. Existem residências com mais de uma economia, como é o caso de prédios com apartamentos, por exemplo.

 

  Sobre a construção de novos reservatórios elevados, Joel destaca que ambos estão no projeto e, se for o caso a Corsan procura executará. “ Por enquanto isso não está sendo necessário”, conclui.


Veja também:


14/12/2018 | 16h40min

» Economia: Carnês do IPTU com desconto do bom pagador começam a ser distribuíveis em janeiro

14/12/2018 | 16h29min

» Trânsito: PRF lança a Operação Rodovida

14/12/2018 | 12h52min

» Tráfico: PRF flagra rodotrem com quase 22 toneladas de excesso de peso


Comentários:


Voltar ao topo