No ar:

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Greve geral


27/04/2017 | 10h39min

Esquina democrática será o ponto de encontro de manifestantes em Santiago

Movimento acontece em todo o país, reunindo diversas categorias. A organização é da Central Única dos Trabalhadores (CUT)

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Por iniciativa do 29º núcleo do CPERS/Sindicato, foram convidadas todas as demais entidades representativas de trabalhadores e população para a greve geral que acontecerá amanhã em todo o país.

 

Em Santiago, a mobilização será na esquina democrática, a partir da uma e meia da tarde, incluindo pronunciamentos e  informações à população em geral sobre o evento. Como forma de apoiar o movimento, o prefeito Tiago Gorski Lacerda liberou os servidores municipais no período da tarde, com isso  não haverá expediente na prefeitura.

 

O   protesto é  contra as reformas trabalhista e da Previdência que tramitam na Câmara dos Deputados que podem ser votadas nas próximas semanas. A greve geral  é organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).


Veja também:


23/06/2017 | 16h39min

» Segurança: Policiais realizam sirenaço em homenagem a colega morto em Gravataí

23/06/2017 | 13h22min

» Segurança: Ampliação do Presídio Estadual de Santiago já vem sendo objeto de estudo na região a mais de dois anos

23/06/2017 | 10h02min

» Denúncia: Santiago: fraude na compra de aparelho telefônico através de rede social


Comentários:


Voltar ao topo