No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Clima


20/10/2017 | 14h21min

Diversas rodovias federais tiveram o trânsito interrompido devido a temporal

Em São Borja, Santiago e Jaguari, muitos populares auxiliaram as equipes da PRF no trabalho de liberação das pistas

Árvores caídas ao longo da 287. Fotos: Ieda BeltrãoÁrvores caídas ao longo da 287. Fotos: Ieda Beltrão

Desde às 2h30min da madrugada desta quinta-feira, rodovias federais da região centro-oeste do Rio Grande do Sul vêm enfrentando problemas de interrupção do trânsito devido à queda de árvores e postes de energia elétrica que ocorreram após o forte temporal que assolou grande parte do Rio Grande do Sul.

 


O primeiro local a enfrentar problemas de interrupção foi a BR 472, próximo à Itaqui, onde a rodovia permaneceu interrompida das 3hs até as 11hs devido à queda de árvores e fios de energia elétrica de alta tensão sobre a pista. Em São Borja, o principal problema enfrentado foi na localidade de Nhuporã, onde a queda de árvores deixou o trânsito interrompido por mais de duas horas. Em Santo Antônio das Missões as interrupções ocorreram na BR 285 entre o trevo de Santo Antônio e o Arroio Pessegueiro. Já a pior situação enfrentada foi na região entre Santiago e Jaguari, onde o temporal causou um grande número de queda de árvores, gerando interrupções em quase todo trecho da BR 287 entre os municípios.

 


Já nos primeiros minutos após o temporal, a PRF inicia os trabalhos de sinalização e orientação de trânsito. Com o reforço de equipes extras e o apoio recebido de outros órgãos e cidadãos inicia-se a remoção das árvores e entulhos das vias. Em Santo Antônio das Missões, a prefeitura tomou a dianteira ao enviar funcionários e máquinas para desobstruir a rodovia. Em São Borja, Santiago e Jaguari, muitos populares auxiliaram as equipes da PRF no trabalho de liberação das pistas, seja com uso de motosserras e máquinas agrícolas, seja com a força braçal. Houve, também, apoio da Prefeitura de Santiago, da empresa LCM – de conservação da rodovia e do Exército Brasileiro, através do 2º RCMec em São Borja e do 9º Blog em Santiago.

 


A partir das 18:30 o único trecho que permanecia com as vias ainda bloqueadas, mesmo que parcialmente, era a BR 287 entre Santiago e Jaguari. Mesmo liberada logo em seguida para o trânsito de veículos, a PRF informa que não foi possível efetuar a limpeza total da rodovia até o anoitecer, existindo uma grande quantidade de galhos nos acostamentos. Alertou para que os condutores dirijam com maior atenção durante esta noite. 
Na sexta-feira o serviço de limpeza será retomado e, provavelmente, até o final do dia a BR 287 estará em condições seguras de tráfego.

 


A PRF faz um agradecimento especial a todos aqueles que enfrentaram o mal tempo e o cansaço das longas horas trabalhas em prol do bem estar da sociedade. Seja aos policiais em folga que se ofereceram para auxiliar seus colegas, seja às empresas privadas e órgãos públicos que se uniram para agilizar o processo de desobstrução do trânsito. E, principalmente, aqueles cidadãos, moradores lindeiros ou usuários das rodovias, que se ofereceram ou não se negaram a apoiar as equipes de trabalho sempre que eram solicitados.

 


 


Veja também:


24/11/2017 | 17h13min

» Telefonia: Brasil registra queda de quase 1,14 milhão de linhas fixas de telefone

24/11/2017 | 16h46min

» Santiago: Doações para o fundo da criança e do idoso podem ser abatidas do Imposto de Renda

24/11/2017 | 14h48min

» Imagens: Cenas urbanas de um dia de calor na Terra dos Poetas


Comentários:


Voltar ao topo