No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h30min às 06h30min

Ouvir!     

» Geral » Política


31/01/2018 | 10h11min

Deputado Bianchini propõe ao governo edição de Decreto de Prioridade para obras da RST-377 e ERS-168

Parlamentar defendeu ser a única forma da operação ocorrer e não sofrer processo de descontinuidade

Bianchini em reunião. Foto: DivulgaçãoBianchini em reunião. Foto: Divulgação

Embora já exista a decisão de governo de recuperação de trechos intransitáveis da RST-377 e ERS-168, o deputado Bombeiro Bianchini esteve reunido na última terça-feira (30), com o secretário-chefe da Casa Civil do Estado, Fábio Branco.

 

Ocasião em que o parlamentar propôs ao governador a edição de Decreto de Prioridade em favor das obras de recuperação da RST-377 e ERS-168, nos trechos deploráveis na região de Santiago, Bossoroca, São Francisco de Assis e Capão do Cipó, constituindo-se nas piores estradas com pavimentação asfáltica do Rio Grande do Sul, gerando revolta dos usuários.


A empresa responsável pela recuperação das estradas já acumula mais de 10,5 milhões em contas a receber por serviços prestados ao Estado e todo o mês é preterida em função da limitação dos recursos disponibilizados junto ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), para saldar dívidas com prestadores de serviços, sendo priorizados somente os pagamentos em favor de empresas que possuem um decreto de priorização em seu favor. 


Desta forma, o parlamentar defendeu ser a única forma da operação ocorrer e não sofrer processo de descontinuidade. “A situação é emergencial e carece de priorização da recuperação das estradas da região por parte do Estado”, finalizou o Bianchini.
 


Veja também:


22/10/2018 | 17h29min

» Teatro: Santiago Encena inicia nesta quarta no palco do Círculo Militar

22/10/2018 | 17h25min

» Eleições 2018: TSE e TREs divulgam carta defendendo segurança das urnas eletrônicas

22/10/2018 | 17h21min

» Educação: Mais de 1 milhão de candidatos já consultaram o local de prova do Enem


Comentários:


Voltar ao topo