No ar:

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Política


09/09/2017 | 13h44min

Defesa põe à disposição passaportes de Joesley e Saud

O pedido de prisão foi motivado por suspeitas, levantadas em gravações, de que os delatores teriam ocultado à Justiça informações sobre crimes

A defesa do grupo J&F protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) um ofício que coloca à disposição os passaportes do empresário Joesley Batista e do ex-diretor de Relações Institucionais da holding Ricardo Saud.

 

A apresentação da petição ocorre após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir à Corte a prisão do empresário e do ex-executivo, no fim da noite de ontem (8). Janot também pediu a prisão do ex-procurador Marcelo Miller. As prisões foram solicitadas ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF.

 

O pedido de prisão foi motivado por suspeitas, levantadas em gravações, de que os delatores teriam ocultado à Justiça informações sobre crimes. As gravações foram disponibilizadas pelos próprios delatores, como parte do acordo de colaboração.

 

A PGR deduz também que a atuação de Miller não foi neutra, já que ele trabalhava na procuradoria no período das negociações e deixou o cargo para ingressar em um escritório de advocacia de defesa da J&F.


Veja também:


24/09/2017 | 14h43min

» Segurança: Primeiro comando do Corpo de Bombeiros Militar do RS assume nesta segunda

24/09/2017 | 14h37min

» Trânsito: PRF intensifica palestras e abordagens educativas durante a Semana Nacional do Trânsito

24/09/2017 | 08h51min

» Loteria: Mega-Sena acumula pela sexta vez seguida e deverá pagar R$ 40 milhões


Comentários:


Voltar ao topo