No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Greve


15/09/2017 | 08h51min

Cpers afirma que só voltará quando houver garantia de salários em dia

Decisão foi anunciada após reunião entre o governo e o comando de greve

Greve segue desde a semana passada. Foto: Ieda BeltrãoGreve segue desde a semana passada. Foto: Ieda Beltrão

O Cpers-Sindicato afirma que permanece em greve por tempo indeterminado. A decisão foi anunciada após reunião  entre o governo e o comando de greve, realizada entre a tarde e a noite desta quinta-feira (14).

 

O encontro entre os dois lados ocorreu na Secretaria de Educação, após o protesto que começou na Esquina Democrática, no centro da Capital. Diante do impasse, um novo encontro deve ser agendado para os próximos dias, ainda sem data definida.

 

De acordo com o Cpers, o secretário da Fazenda, Giovani Feltes não compareceu à reunião — um dos pedidos feitos pelos educadores. O governo não apresentou nenhuma proposta, conforme os sindicalistas.

 

"Não voltaremos enquanto não tivermos a garantia dos nossos salários pagos em dia e de forma integral. É pela nossa dignidade! A responsabilidade pelo término da greve e do ano letivo está nas mãos do governo",  afirmou a presidente do Cpers, Helenir Aguiar Schürer.

 

A parcela do salário de setembro pode ser ainda menor do que o recebido neste mês, de R$ 350. Conforme o secretário da Educação, Ronald Krummenauer, os dois lados devem reunir-se novamente nos próximos dias:

 

"Nós nos colocamos a disposição para estudar alternativas, em conjunto, para amenizar a situação dos alunos que não estão tendo aulas. Segundo nosso levantamento, cerca de mil escolas estão em greve total ou parcial, das 2.556 que temos no Estado".

 

Estavam na reunião o secretário-adjunto, Luiz Antonio Bins, o secretário da Educação, Ronald Krummenauer, o chefe da Casa Civil, Fabio Branco, e o líder do governo, o deputado Gabriel Souza (MDB), além de integrantes do comando de greve.

 

ZERO HORA/GAÚCHA


Veja também:


18/10/2017 | 11h00min

» Educação: Professora de Pedagogia da URI Santiago participa de missão acadêmica na Argentina

18/10/2017 | 10h12min

» Economia: Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios

18/10/2017 | 09h50min

» Educação: Inscrição promocional ao vestibular neste sábado


Comentários:


Voltar ao topo