No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h30min às 06h45min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Economia


06/06/2017 | 16h37min

Contas inativas do FGTS: início da quarta fase do saque é antecipado para este sábado

Valor total disponível ultrapassa R$ 10,9 bilhões e equivale a aproximadamente 25% do total disponível

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

A Caixa Econômica Federal, que administra os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), anunciou nesta terça-feira, 6, que vai antecipar para este sábado, 10, o início do pagamento das contas inativas do FGTS para trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro. A data prevista inicialmente era 16 de junho. 

 

A quarta fase vai beneficiar mais de 7,5 milhões de brasileiros. O valor total disponível ultrapassa R$ 10,9 bilhões e equivale a aproximadamente 25% do total disponível. Para consultar se tem uma conta inativa no FGTS e o seu saldo, o trabalhador pode consultar o site do FGTS. 

 

Para atender aos trabalhadores que querem fazer o saque das contas inativas, 2.015 agências da Caixa Federal abrirão no próximo sábado (10) entre 9h e 15h. É bom destacar que transferências acima de R$ 5 mil não podem ser realizadas no sábado, somente em dias úteis. Também haverá atendimento exclusivo em horário especial nos dias 12, 13 e 14 de junho, quando todas as agências abrirão duas horas mais cedo.

 

Os próximos a serem beneficiados são os nascidos em dezembro, que poderá retirar o valor das contas inativas do FGTS a partir de 14 de julho. A data final de pagamento para todos, incluindo os beneficiados nas fases anteriores é 31 de julho. 

 

GAÚCHA


Veja também:


23/08/2017 | 12h14min

» Polícia: Desentendimento entre professora e acadêmica da Uri Santiago gera ocorrência policial

23/08/2017 | 11h57min

» Oportunidade: Técnico agrícola é uma das vagas disponíveis no Sine de Santiago

23/08/2017 | 09h14min

» Economia: Impostos atrasados com 80% de desconto sobre as multas e juros pode ser pago até o dia 29 de setembro


Comentários:


Voltar ao topo