No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Economia


20/02/2018 | 09h27min

Conta de luz pode ficar mais barata para quem usa menos energia

Proposta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quer tornar mais justa a cobrança da tarifa em todo o Brasil

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Uma proposta que está em discussão na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pode reduzir o valor da conta de luz de consumidores que usam menos energia. Isso deve acontecer se a tarifa binômia, que estabelece faixas de cobrança pelo serviço de distribuição e já está disponível para grandes indústrias, passar a ser aplicada para os pequenos consumidores.

 

Atualmente, existe a chamada "tarifa fio", que representa 30% do total pago nas contas de luz. Essa taxa é cobrada de forma igual, tanto para quem consome muita energia, como para quem tem poucos eletrodomésticos em casa e, consequentemente, consome pouco.

 

A lógica é que, com a distribuição da taxa binômia para todos, os grandes consumidores passem a pagar mais pelo serviço, já que exigem mais do serviço das distribuidoras. Por outro lado, as pessoas que usam menos energia, pagariam um valor menor.

 

Caso a adesão da tarifa binômia seja aprovada, os consumidores terão que declarar a demanda de energia, informando, por exemplo, a quantidade de eletrodomésticos e equipamentos ligados no imóvel.

 

A proposta ainda não tem data para ser votada. A Aneel prevê uma audiência pública sobre o assunto no segundo semestre deste ano. A votação da proposta está prevista para 2019.


Veja também:


19/09/2018 | 09h49min

» Meio Ambiente: Rio começa a multar comerciantes por uso de canudo de plástico

19/09/2018 | 09h25min

» Memória: Unesco estima em 10 anos prazo para restauração do Museu Nacional

19/09/2018 | 09h23min

» Loteria: Mega-Sena acumula e deve pagar prêmio de R$ 17 milhões nesta quinta


Comentários:


Voltar ao topo