No ar:
Nova Era (Musical) - Sergio Ramos    18h00min às 23h00min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Trânsito


27/05/2017 | 13h33min

Condutor embriagado e sem carteira causa acidente na BR 287 em Santiago

Uma das vítimas teve ferimentos leves na cabeça e teve que ser encaminhado ao Hospital de Caridade

Na noite desta sexta-feira, 26, por volta das 18h30min, no quilômetro 399 da BR 287, no trecho urbano de Santiago, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a um acidente de trânsito do tipo colisão traseira envolvendo uma motocicleta Honda CG125 de Capão do Cipó, conduzida por um homem de 36 anos, natural de Santiago, e uma Ford Courrier de Santiago, conduzida por um homem de 63 anos, também de Santiago. 


Conforme averiguado pelos agentes da PRF o condutor da motocicleta estava embriagado , sem possuir carteira de habilitação e, segundo testemunhas, conduzia a motocicleta em baixa velocidade ziguezagueando na rodovia.

 

Segundo relatou o condutor da Courrier, que vinha logo atrás da motocicleta, não conseguiu reduzir a velocidade a tempo de evitar a colisão com a moto, já que a visibilidade no momento do acidente estava prejudicada devido ao período noturno e à forte chuva que caía na região. 


O condutor da motocicleta, ao ser submetido ao teste do etilômetro, acusou 0,43 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O mesmo foi detido, sendo confeccionado pela Polícia Civil de Santiago flagrante por portaria, já que o condutor apresentava lesões leves na cabeça e teve que ser encaminhado ao Hospital de Caridade de Santiago, permanecendo em observação.

 

Os veículos foram encaminhados ao depósito do Detran onde permanecerão à disposição da Perícia.
 


Veja também:


25/06/2017 | 19h40min

» Tráfico: Polícia Civil e Brigada Militar prendem três traficantes e apreendem 15 quilos de maconha e crack

25/06/2017 | 19h19min

» Educação: Convocação de candidatos que ficaram na lista de espera do Sisu começa nesta segunda

25/06/2017 | 19h13min

» Economia: Trabalhadores têm até sexta para sacar abono do PIS/Pasep 2015


Comentários:


Voltar ao topo