No ar:

Ouvir!     

» Geral » Trânsito


23/07/2017 | 14h42min

Condutor embriagado causa acidente com um rodotrem

Motorista é preso em flagrante após dirigir por mais de 40 quilômetros e tombar um rodotrem na BR 472 em Itaqui

Veículo estava carregado com 50 toneladas de arroz. Foto: PRF/DivulgaçãoVeículo estava carregado com 50 toneladas de arroz. Foto: PRF/Divulgação

Nesta sábado (22) a Polícia Rodoviária Federal (PRF)  recebeu informação de um acidente de trânsito envolvendo um conjunto rodotrem de Santa Rosa ocorrido no quilômetro 439 da BR 472 no município de Itaqui, a 39 quilômetros de São Borja, próximo a um dos acessos a Maçambará.


Conforme constatado pelos agentes no local do acidente, o veículo estava se deslocando de Itaqui em direção a São Borja, carregado com 50 toneladas de arroz, quando após percorrer cerca de 40 quilômetros cruzou a pista em uma reta e saindo da rodovia pela contramão de direção e tombando em um barranco.

 

Os agentes verificaram pelo disco do tacógrafo que o acidente ocorrera aproximadamente às 07:00, sendo que o condutor, um homem de 36 anos de São Martinho, só informou a PRF mais de 4 horas após o sinistro. Indagado do que havia acontecido o condutor só soube informar que havia saído de uma cerealista em Itaqui e que não se lembrava do momento do acidente.


O motorista foi submetido ao teste do etilômetro, o que resultou em 0,37 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, isto 5 horas pós o acidente. O condutor foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Itaqui onde foi decretada a prisão em flagrante pela embriaguez ao volante. O veículo permaneceu à beira da rodovia para retirada da carga de arroz, sendo agendada a sua retirada para a manhã do domingo, 23.


Veja também:


18/02/2018 | 12h38min

» Economia: Banrisul apresenta balanço de 2017 nesta segunda-feira

18/02/2018 | 12h37min

» Loteria: Aposta de Curitiba leva prêmio de R$ 104 milhões da Mega-Sena

18/02/2018 | 12h37min

» Segurança: Operação Golfinho terá redução gradual a partir desta segunda


Comentários:


Voltar ao topo