No ar:
Meu Rincão - Marco Antônio Nunes    07h00min às 09h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


04/06/2018 | 09h17min

Cartão de crédito é extensão de renda para 20% de seus usuários

Estudo mostra que 33% dos entrevistados já tiveram cartão bloqueado por atrasar o pagamento da fatura, principalmente nas classes C, D e E

Embora o cartão de crédito seja a modalidade de crédito mais popular entre os brasileiros, ele vem se tornando um problema para uma parcela dos consumidores. Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Diretores Lojistas (CNDL) aponta que um em cada cinco usuários de cartão de crédito (20%)utilizam o meio de pagamento como extensão da própria renda. Ou seja, acabam recorrendo a esse tipo de crédito para continuar comprando quando o salário do mês acaba e, assim, adiar o pagamento.



Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o grande perigo de achar que o cartão de crédito funciona como renda complementar é o endividamento, porque muitos perdem controle dos gastos e compram além do que conseguem pagar quando a fatura chega. “É preciso cuidado. Se o dinheiro que o consumidor dispõe já não está sendo suficiente para cobrir os atuais gastos, certamente não será o bastante para pagar as despesas do mês seguinte, quando terá de arcar com a fatura do cartão de crédito e também quitar as contas do mês”, alerta a economista.



Por outro lado, 44% dos entrevistados que utilizam o cartão afirmaram usá-lo apenas em casos de necessidades pontuais ou imprevistos, ao passo que 38% o fazem para parcelar as compras e 34% para facilitar o pagamento na internet. “Se bem empregado, o cartão é uma maneira inteligente de concentrar as compras realizadas durante o mês em uma única conta, possibilitando um melhor controle dos gastos”, observa o educador financeiro do portal ‘Meu Bolso Feliz’, José Vignoli.


Veja também:


18/05/2019 | 14h20min

» Agricultura: MP do Saneamento deve ser votada no Plenário da Câmara nesta semana

18/05/2019 | 13h18min

» Economia: PIB cai 0,1% no primeiro trimestre do ano, aponta FGV

18/05/2019 | 10h31min

» Coopatrigo: Centro Agropecuário e Automotivo vive o seu 1º Feirão de Negócios


Comentários:


Voltar ao topo