No ar:
Terra Nativa - Luiz Fernando Rocha    07h00min às 08h00min

Ouvir!     

» Geral » Segurança


15/02/2018 | 10h13min

Carnaval na região é considerado dentro da normalidade pela Polícia Civil

Apesar das milhares de pessoas que circularam em Jaguari, apenas uma ocorrência foi considerada grave

Apesar do grande numero de foliões que mais uma vez participaram do  Carnaval/2018em Jaguari , destacando-se como um dos maiores eventos dessa natureza no interior do Estado, o movimento na área policial foi considerado dentro da normalidade.

 

A ocorrência de maior gravidade foi registrada na madrugada de segunda-feira (12) quando um jovem de 22 anos foi atacado por dois homens, ocasião em que ele estava trabalhando em uma banca no recinto do carnaval em Jaguari e foi surpreendido pelos criminosos que lhe desferiram cinco golpes de faca na região das costas. O jovem foi socorrido pelo Samu e encaminhado para Santa Maria onde permaneceu internado. Há uma suspeita que os autores do crime não residem naquela cidade. A Polícia Civil de Jaguari vai investigar as circunstâncias do fato.

 

Outro destaque foi a autuação de diversos condutores de veículos por embriaguez durante a fiscalização da Polícia Rodoviária Federal na BR-287, trevo de acesso a cidade de Jaguari, o que resultou em algumas prisões em flagrantes.

 

Nos municípios de São Borja e Itaqui pertencentes a 21ª Região Policial onde os plantões da Polícia Civil foram reforçados durante as noites do evento carnavalesco, poucas ocorrências policiais foram registradas, com destaques para os delitos de Posse de Entorpecentes, Roubos a Pedestres e Lesões Corporais.

 

Nos demais municípios que compõe a 21ª Região Policial o carnaval também foi marcado pela tranquilidade e ocorrências de rotina. 


Veja também:


18/06/2018 | 22h00min

» Contrabando: Mercadorias estrangeiras são apreendidas em Santiago

18/06/2018 | 20h37min

» Saúde: Mudanças para incluir na rotina fitness e na dieta nos dias de frio

18/06/2018 | 16h26min

» Política: Eleições: outdoors, banners, cavaletes e outras formas de propaganda nas ruas estão proibidas


Comentários:


Voltar ao topo