No ar:
Olho Vivo - Jones Diniz    08h10min às 09h55min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Saúde


17/04/2017 | 16h36min

Campanha de vacinação contra a gripe está em andamento

Para Santiago foram destinadas mais de 19 mil doses

Idosos e crianças fazem parte do grupo de risco. Foto: Ieda BeltrãoIdosos e crianças fazem parte do grupo de risco. Foto: Ieda Beltrão

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou nesta segunda-feira, 17, em todo o país e segue até o dia 26 de maio.

 

A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54 milhões de brasileiros que integram o grupo de risco. Pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, detentos e os funcionários do sistema prisional devem se vacinar.

 

 A novidade é que este ano, professores da rede pública e privada de todo o Brasil passam a fazer parte do público-alvo da Campanha. De acordo com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, a expectativa é vacinar mais de DOIS milhões de profissionais da educação.

 

A vacina é contraindicada para pessoas que tenham alergia relacionada a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações. Para Santiago foram destinadas mais de 19 mil doses.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina contra gripe é segura e reduz as complicações da doença, internações e óbitos. Ela protege contra os três subtipos do vírus da gripe incluindo o H1N1. Vale lembrar que a vacina precisa de 15 dias para garantir o efeito. No dia D, 13 de maio, serão mais de  65 mil postos abertos em todo o país.

 

A transmissão do vírus Influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, e por meio das mãos e objetos contaminados. A recomendação lavar as mãos várias vezes ao dia, não compartilhar objetos de uso pessoal, além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

 

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe como febre, tosse ou dor na garganta e na cabeça, devem procurar o médico.

 

 Até 1º de abril deste ano, foram registrados 276 casos de Influenza em todo o país e 48 mortes. Em 2016, foram mais de 12 mil casos da doença no Brasil. E quase 2 mil mortes.


Veja também:


22/09/2017 | 13h21min

» Trânsito: Uso do celular enquanto dirige está entre as principais infrações de trânsito, em Santiago

22/09/2017 | 13h14min

» Agricultura: Irregularidades na emissão de Receitas Agronômicas chama atenção

22/09/2017 | 12h54min

» Canteiro de conservação da RS 377: Deputado Miguel Bianchine faz pressão junto a secretria de Transporte


Comentários:


Voltar ao topo