No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


09/06/2018 | 14h07min

Caminhoneiros e ANTT voltam a discutir preços de fretes na segunda

Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) voltará a se reunir com representantes dos caminhoneiros na próxima semana para debater a tabela com os preços mínimos de fretes para o transporte rodoviário. A reunião com os caminhoneiros começou na manhã desta quinta (8) e seguiu até o final da tarde.

 

“A categoria presente se reunirá durante o fim de semana para aprofundar as conversas sobre os ajustes na tabela de frete mínimo. Nesta segunda feira (11), os representantes voltam a se reunir com a Agência", diz a nota da entidade.

 

A ANTT disse que segue empenhada em encontrar “uma solução que harmonize os interesses de produtores, transportadores e sociedade”.

 

Pouco antes do meio-dia, a ANTT informou que havia suspendido os efeitos da resolução sobre o frete mínimo publicada na noite de quinta  (7). A tabela cancelada é a segunda a ser publicada pelo governo federal. Com a suspensão do texto, que deve ser ainda publicada no Diário Oficial da União, voltará a vigorar a primeira versão, do dia 30 de maio.

 

Na nota publicada pela manhã, a ANTT disse que a reunião com os caminhoneiros seria “puramente” técnica e que não produzirá efeitos imediatos. “As questões técnicas da tabela continuarão em discussão na Agência e com o setor, a fim de chegar a uma solução que harmonize os interesses de produtores, transportadores e sociedade”, disse a nota.

 

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações de caminhoneiros atendidas pelo governo no fim do mês passado para tentar terminar com a paralisação que durou 11 dias, afetando amplos setores da economia.

 

EBC


Veja também:


16/08/2018 | 17h29min

» Trânsito: PRF realiza Ação Coordenada de combate às ultrapassagens no RS

16/08/2018 | 16h22min

» Agricultura: Chegou a hora de semear o milho, produtores devem ficar atentos ao clima

16/08/2018 | 16h19min

» Economia: Indústria madeireira está pronta para começar a se instalar em Santiago


Comentários:


Voltar ao topo