No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » 12 de setembro


12/09/2017 | 09h34min

Caio Fernando Abreu, uma obra cada vez mais viva

Escritor apresenta uma visão dramática do mundo moderno e é considerado um "fotógrafo da fragmentação contemporânea"

Caio Fernando Abreu no Memorial da Poesia, em Santiago. Foto: Ieda BeltrãoCaio Fernando Abreu no Memorial da Poesia, em Santiago. Foto: Ieda Beltrão

Neste dia 12 de setembro, Caio Fernando Abreu estaria completando 69 anos de idade. O jornalista, dramaturgo e escritor brasileiro, nasceu em Santiago, ano de 1948, e deixou um legado de sensibilidade, inteligência e extrema capacidade de falar do cotidiano de forma lúcida, real e crua. 

 

Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio F, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, de angustiante solidão. Apresenta uma visão dramática do mundo moderno e é considerado um "fotógrafo da fragmentação contemporânea". Ao longo de sua trajetória literária publicou inúmeros livros entre eles: Limite branco (1970 - o primeiro), Ovelhas Negras, Os Dragões não Conhecem o Paraíso, O Triângulo das Águas e Morangos Mofados.

 

Caio viveu grande parte de sua vida em Porto Alegre, mas também em São Paulo, Rio de Janeiro e Europa. Em Porto Alegre, a obra de Caio é constantemente trabalhada, tanto que entre os dias 27 de setembro e 3 de outubro vai acontecer o festival "Caio Entre Nós", que ocorrerá em três espaços: o Teatro do Sesc, a Sala de Música do Theatro São Pedro e Santander Cultural, por iniciativa do diretor Luis Arthur Nunes, do ator Marcos Breda e da produtora Ivana Dalle.

 

Memorial da Poesia Contemporânea em Santiago tem salas dedicadas a Caio Fernando Abreu

 

Será uma semana inteira com mostra teatral, bate-papos literários e sessões de cinema, e diversas atividades com entradas pagas e gratuitas. A iniciativa pretende comemorar os 70 anos de nascimento do escritor, que é natural de Santiago. Para viabilizar o festival, os organizadores pretendem levantar dinheiro com uma campanha de financiamento coletivo.


Veja também:


21/02/2018 | 11h18min

» Oportunidade: Tem vaga de cozinheira no Sine de Santiago

21/02/2018 | 10h21min

» Economia: Pesquisa diz que, de 69 milhões de casas, só 2,8% não têm TV no Brasil

21/02/2018 | 08h58min

» Segurança: Santiago, São Borja e Itaqui tiveram a maior apreensão de drogas; 21ª DPRI/Santiago divulga dados estatísticos de 2017


Comentários:


Voltar ao topo