No ar:
Jornal falado - Jones Diniz e Paulo Pinheiro    12h15min às 12h50min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Geral » Memória


30/06/2017 | 16h30min

Brinquedos antigos se tornam uma atração a mais no Museu Pedro Palmeiro

Bonecas de pano, bolitas, cavalinho de pau, petecas, bilboquês, ioiô e diabolô fazem parte da lista

Divertidos e curiosos. Foto: Ieda BeltrãoDivertidos e curiosos. Foto: Ieda Beltrão

Como fazer a gurizada de hoje, cada vez mais mergulhada no mundo virtual, se interessar por um lugar que não tem nenhuma novidade? É um desafio que o Museu Municipal Pedro Palmeiro tem conseguido vencer com louvores conectando o velho ao novo. De segunda a sexta, o local tem atraído o interesse de alunos das escolas municipais e estaduais de Santiago e também de visitantes diversos. Em primeiro lugar, a abordagem dos atendentes do Museu faz a diferença. 

 

O coordenador Vanderlei Almeida recebe a todos com muito entusiasmo e não cansa de contar repetidas vezes as mesmas histórias sobre os mesmos objetos. "Outro dia, teve uma turma de escola que ficou uma hora e meia dentro do museu. Estavam legitimamente interessados e faziam muitas perguntas", orgulha-se Vanderlei. Uma forma de fazer os alunos se interessarem foi o sinal de internet (wi-fi) liberado com uma proposta: faça selfie no museu! E, segundo Vanderlei, o resultado disso tem sido muito bom.

 

Veja mais imagens AQUI

 

Museu nos bairros

 

Outras ações que o Museu promove é o descentralizar a sua atuação, com a realização de palestras nos bairros e em escolas do interior. Nestas ocasiões, Vanderlei leva sempre alguns ítens históricos: a urna de votação defendida pelo falecido juíz Moysés Viana, a broca perfuradora de petróleo usada pela Petrobras, em função de um poço descoberto numa localidade de Santiago nos anos 1950 e também um lampeão de rua da década de 1910, pra falar sobre o princípio da iluminação pública.

 

Brinquedos antigos

 

Com mais de 2 mil artefatos no acervo, o Museu agora está com uma novidade: uma exposição com mais de 200 brinquedos antigos. Tem soldadinhos de chumbo, petecas, ioiô feito de bolão, pião, biboquê, fantoches, cinco-Marias, bolitas, bonecas de pano, além de brinquedos antigos de outros países. São ítens que faziam parte do acervo da professora Catarina Antochevis, que colecionou cada ítem com muito carinho por décadas e agora resolveu doar tudo para o museu. Com este acervo, o Museu Pedro Palmeiro está criando um espaço especial dedicado ao folclore infanto-juvenil gaúcho. Para as crianças tecnológicas da atualidade, os brinquedos despertam muita curiosidade. Já os adultos se encantam e fazem questão de relatar as vivências de como era a infância de outrora.

 

Prefeitura de Santiago


Veja também:


22/09/2017 | 10h02min

» Clima: Pancadas de chuva deve marcar o início da primavera

22/09/2017 | 09h45min

» Internacional: Líder norte-coreano diz que Trump pagará muito caro por ameaças ao país

22/09/2017 | 09h34min

» Economia: Últimos dias para pagar impostos atrasados com 80% de desconto sobre as multas e juros


Comentários:


Voltar ao topo