No ar:

Ouvir!     

» Geral » Literatura


18/07/2018 | 13h42min

Auri Antonio Sudati deve ser o homenageado na Calçada da Fama, em Santiago

Informação foi confirmada pela secretária de educação Mara Rebelo

Professor Auri Antônio Sudati. Foto:Charles Guerra / Agencia RBS/DivulgaçãoProfessor Auri Antônio Sudati. Foto:Charles Guerra / Agencia RBS/Divulgação

O nome do professor Auri Antonio Sudati  é o preferencial, entre vários nomes para ser o homenageado neste ano no espaço honorífico – Calçada da Fama – localizado na Praça Moises Vianna, no Centro de Santiago.

 

A informação foi confirmada pela secretária de educação Mara Rebelo salientando que o professor Auri é merecedor deste reconhecimento, com toda a consideração aos demais que estão sendo lembrados. Salienta que Auri construiu uma longa história cultural em Santiago, desde o então Polivalente Primeira Etapa, até o incentivo à literatura, com ênfase à literatura infantil.

 

Auri Antônio Sudati é professor, poeta, escritor, ativista cultural e conferencista, é gaúcho, natural de Nova Esperança do Sul, antigo distrito de Jaguari-RS. Editou mais de 26 livros e tem, também, participação em 111 Coletâneas, com poemas, contos e crônicas. Foi Patrono de Feiras do Livro em diversos municípios da região. Recebeu diversas homenagens como professor e como escritor. Tem realizado experiências literárias sugestivas, ao editar livros em parcerias com professores e com alunos.

 

Pertence à Casa do Poeta de Santa Maria, à Academia Santa-Mariense de Letras, Academia Internacional de Artes, Letras e Ciências,  de Cruz Alta- RS, e ainda , faz parte da equipe editorial do jornal literário Letras Santiaguenses.

 

O primeiro homenageado na inauguração do espaço honorifico Calçada da Fama, na noite de 19 de outubro de 2012, pelo então prefeito Júlio Ruivo, foi o artista, poeta  e escritor Oracy Dorneles; em 2013 o cartunista Neltair Rebes Abreu (Santiago); em 2014 o cantor e compositor  José Ataides  Sarturi (Nenito Sarturi); em 2015 o artista plástico Othelo Ribeiro,  em 2016, o músico e compositor, Júlio Saldanha e em 2017 o cantor e compositor Miguel Marques.

 

A Calçada da Fama, foi criada para reverenciar, em vida,  os santiaguenses que deixam sua marca no cenário artístico e cultural e que destacam o nome do município no Estado e além-fronteiras.

 

 Os  indicados são escolhidos por um comitê gestor representado pelas universidades, Câmara de Vereadores, Secretaria de educação, Núcleo da 35ª Coordenadoria de Educação, entidades e personalidades culturais relacionadas ao evento.

 

 


Veja também:


17/11/2018 | 10h18min

» Literatura: Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país

17/11/2018 | 10h16min

» Economia: União já pagou este ano R$ 3,5 bi em dívidas atrasadas dos estados

17/11/2018 | 10h14min

» Educação: Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23


Comentários:


Voltar ao topo