No ar:

Ouvir!     

» Geral » Alerta


19/06/2018 | 14h46min

Anvisa determinou a suspenção de 79 lotes de fraldas descartáveis

Fabricante das fraldas não informou as condições de umidade e temperatura em que o produto deve ser conservado e utilizado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA  determinou a suspenção de 79 lotes de fraldas descartáveis Turma da Monica tripla proteção.

 

Segundo Anvisa, a empresa  Kimberly-Clark – Brasil Indústria e Comércio de Produtos  de Higiene, fabricante das fraldas não informou as condições de umidade e temperatura em que o produto deve ser conservado e utilizado.

 

E isto pode provocar reações  alérgicas nos bebês. A empresa também não apresentou o estudo de estabilidade para o material utilizado, o que é obrigatório.

 

 A Resolução da ANVISA determina que a empresa recolha o estoque de fraldas da turma da Monica existentes no mercado.

 

A lista completa com todos os lotes de fraldas suspensas pela ANVISA está disponível no  Diário  Oficinal da União e no site da Anvisa  em portal.anvisa.gov.br.

 

  Em nota a empresa Kimberly-Clark falou que os produtos  suspensos tem validade até setembro de 2018 e ainda disse respeitar a decisão da Anvisa e já suspendeu a comercialização desses lotes, mas vai recorrer da decisão por não concordar com o teor e os clientes afetados pode entrar em contato com a empresa por meio do saque 0800 709 55 99.

 


Veja também:


20/02/2019 | 15h37min

» Política: Entenda as regras de transição previstas na reforma da Previdência

20/02/2019 | 15h25min

» Educação: Conheça os alunos vencedores do concurso de desenho, pintura e colagam sobre "Educação Fiscal"

20/02/2019 | 15h09min

» Política: Lideranças políticas da região fazem pressão no Governo para exigir recuperação das estradas


Comentários:


Voltar ao topo