No ar:

Ouvir!     

» Geral » Denúncia


20/07/2018 | 15h33min

Abandono de animais cresce em Santiago; adoção é incentivada

Atualmente o canil conta com aproximadamente 300 animais caninos

Filhotes colocados para adoção. Foto: Ieda BeltrãoFilhotes colocados para adoção. Foto: Ieda Beltrão

O abandono de cães é um problema crescente em Santiago e entre maio e julho aumentou consideravelmente, disse a responsável pelo Centro de Zoonoses, médica veterinária Eva Muller.

 

Segundo ela a maior incidência é de animais com idade avançada e fêmeas com filhotes,  nos arredores da cidade.

 

Reitera que não está existindo o controle de natalidade por parte dos donos e para piorar alguns acabam abandonando a cadela com os filhotes. A grande maioria deles chega doente no canil e morre pela debilitação. Os que se salvam são colocados para adoção em feiras livres.

 

O Centro de Zoonoses no momento não está mais recebendo animais adultos pela falta de espaço. Eva alerta que a responsabilidade é de cada dono em relação ao cuidado com o animal.

 

Atualmente o canil conta com aproximadamente 300 animais caninos, fazendo com que todos os espaços sejam reorganizados.

 

 Os horários de atendimento são nas terças, quintas e sábados das duas às quatro da tarde. Para atendimentos fora destes dias e horário basta ligar para o 3249.7600 para agendar.

 


Veja também:


17/11/2018 | 10h18min

» Literatura: Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país

17/11/2018 | 10h16min

» Economia: União já pagou este ano R$ 3,5 bi em dívidas atrasadas dos estados

17/11/2018 | 10h14min

» Educação: Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23


Comentários:


Voltar ao topo