No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Esporte » Nacional


08/08/2017 | 09h51min

Ministério do Esporte abre inscrições para o Bolsa Atleta

Programa tem como prioridade apoiar os atletas de esportes que compõem os Jogos Olímpicos e Paralímpicos

O Bolsa Atleta é considerado o maior programa de patrocínio esportivo individual e direto do mundo. Foto: DivulgaçãoO Bolsa Atleta é considerado o maior programa de patrocínio esportivo individual e direto do mundo. Foto: Divulgação

O Ministério do Esporte abre hoje (9) as inscrições para o programa Bolsa Atleta 2017. O novo edital foi publicado nessa segunda-feira (7) no Diário Oficial da União. As inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 22 e o processo seletivo terá como base os resultados obtidos pelos atletas em 2016.

 

Segundo o ministério, podem concorrer à bolsa os atletas  que conquistaram bons resultados em competições nacionais e internacionais e que estejam vinculados a uma entidade de prática desportiva. No entanto, para a modalidade Bolsa Estudantil, os desportistas serão selecionados nos Jogos Escolares e nos Jogos Universitários Brasileiros.

 

Os valores das bolsas variam de acordo com cada categoria - atleta de base (R$ 370,00), estudantil (R$ 370,00), nacional (R$ 925,00), internacional (R$ 1.850,00), e plímpica/paralímpica (R$ 3.100,00). O atleta contemplado receberá o equivalente a 12 parcelas do valor definido na categoria.

 

O programa tem como prioridade apoiar os atletas de esportes que compõem os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Posteriormente, o benefício é voltado para atletas de modalidades conhecidas como “não olímpicas” (que não fazem parte das Olimpíadas).

 

“A expectativa é manter o programa no mesmo patamar dos anos anteriores, beneficiando cerca de 6 mil atletas na primeira fase do edital”, informa o Ministério do Esporte.

 

Inscrição

 

As inscrições podem ser feitas exclusivamente no site do ministério, que mostra os requisitos específicos exigidos para cada categoria.

 

O Bolsa Atleta é considerado o maior programa de patrocínio esportivo individual e direto do mundo. De acordo com o Ministério do Esporte, o principal objetivo é contribuir com a formação de atletas para representar o país em competições nacionais e internacionais.

 

Desde 2005, quando o programa foi criado, cerca de 20,7 mil atletas foram beneficiados com 51 mil bolsas. O Investimento ultrapassa R$ 890 milhões.


Veja também:


15/12/2017 | 10h03min

» Futebol: Inter se interessa por atacante do Fluminense e pode envolver atletas na transação

15/12/2017 | 09h50min

» Mundial: Jogadores dizem que Grêmio não deve mudar forma de jogar contra o Real

15/12/2017 | 09h22min

» Internacional: Mais de 40 jornalistas acompanham o Grêmio nos emirados árabes


Comentários:


Voltar ao topo