No ar:
Buenas Tarde meu Santiago (1º parte) - Marco Antônio Nunes    17h00min às 18h00min

Ouvir!     

» Esporte » Copa do Mundo da Rússia


28/06/2018 | 17h13min

Marcelo segue tratamento e apresenta melhora de dores nas costas

Médico Rodrigo Lasmar avaliou que o problema pode ter sido provocado pelo colchão do hotel

Marcelo sentiu dores durante o jogo. Foto: Fifa.com/DivulgaçãoMarcelo sentiu dores durante o jogo. Foto: Fifa.com/Divulgação

A assessoria de imprensa da Seleção comunicou nesta quinta-feira que o lateral-esquerdo Marcelo apresentou "boa melhora" do problema lombar que o tirou logo nos minutos iniciais do confronto da última quarta contra a Sérvia.

 

"Após a chegada e o descanso, Marcelo está em tratamento, apresentou boa melhora, seguirá em acompanhamento e assim como os demais atletas terá folga mais tarde", afirmou a assessoria de imprensa da seleção, explicando a situação do lateral-esquerdo.

 

Marcelo permaneceu em campo por menos de 10 minutos nessa quarta-feira, reclamando de dores na região lombar e sendo substituído por Filipe Luís. Após o triunfo brasileiro por 2 a 0, a CBF explicou que o lateral-esquerdo teve um espasmo na musculatura estabilizadora da coluna, problema que provoca o enrijecimento prolongado do músculo. Após ter o problema dentro de campo, na partida em Moscou, o jogador do Real Madrid foi medicado e está sendo monitorado pelo departamento médico da seleção.

 

O médico Rodrigo Lasmar avaliou que o problema pode ter sido provocado pelo colchão do hotel utilizado pela equipe e exibiu otimismo para que o lateral-esquerdo seja aproveitado no confronto contra o México, embora a proximidade da partida seja um fator que possa dificultar a sua plena recuperação. 


Veja também:


17/09/2018 | 17h33min

» Futebol: Sub-17: definidas as datas para Cruzeiro/Bola Pro Futuro x Oriente

17/09/2018 | 17h31min

» Padel: Padel: Joãozinho e Alesson conquistam título da 4ª em Santa Maria

16/09/2018 | 14h40min

» Futebol: Cruzeiro/Bola Pro Futuro está entre os oito melhores do Gauchão Juvenil B


Comentários:


Voltar ao topo