No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Esporte » Internacional


14/11/2017 | 09h29min

Itália fica fora da Copa do Mundo de 2018 e Suécia se classifica

Os jogadores italianos desabaram no campo em desespero no apito final

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

 Itália não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo pela primeira vez em 60 anos depois de empatar por 0 x 0 com a Suécia, que garantiu nesta segunda-feira uma vaga na Rússia por ter vencido em casa por 1 x 0.

 

A Suécia sobreviveu a uma série de ataques da seleção italiana no jogo de volta da repescagem europeia, em uma noite de tensão e drama em um estádio San Siro descrente.

 

A tetracampeã Itália, que não ficava fora de uma Copa do Mundo desde o torneio de 1958 na Suécia, deixou os visitantes em seu próprio campo durante a maior parte do jogo e criou várias chances, mas não conseguiu superar Robin Olsen para marcar seu gol.

 

Os anfitriões, que tiveram 75% de posse de bola, fizeram disparos para fora, outros pararam em Olsen e também reclamaram de um pênalti ao pressionarem desesperadamente por um gol.

 

"Não tínhamos mais armas. Tivemos que aguardar e esperar que pudéssemos aguentar", disse o técnico da Suécia, Jan Andersson. "Nós não poderíamos fazer de outra forma, eles têm muita qualidade."

 

O mais próximo que a Itália chegou de marcar foi numa tentativa de Ciro Immobile que foi parcialmente defendida por Olsen e posteriormente afastasa por Victor Lindelof.

 

Os jogadores italianos desabaram no campo em desespero no apito final e até mesmo veteranos como Giorgio Chiellini estavam inconsoláveis. O apoio da torcida durante o jogo rapidamente se transformou em hostilidade, e vaias foram ouvidas pelo estádio.

 

EBC


Veja também:


14/08/2018 | 05h00min

» Brasileirão : Inter vence Fluminense por 3 a 0, dois de Nico López

12/08/2018 | 13h35min

» Amador: Ponte Preta e Atlético farão a final do Sub-23

12/08/2018 | 13h26min

» Economia: Cervejas artesanais brasileiras obtêm reconhecimento internacional


Comentários:


Voltar ao topo