No ar:
Toca Brasil - Juliano Nascimento    13h20min às 14h00min

Ouvir!     Fale com o locutor

» Esporte » Frustração


21/11/2016 | 22h53min

Inter perde para o Corinthians e não depende mais de si para permanecer na Série A

Na estreia do técnico Lisca, Colorado fracassou novamente longe de casa

Inter, de Anderson, fracassou mais uma vez e se aproximou ainda mais do rebaixamento. Foto: Ricardo Duarte/Inter/DivulgaçãoInter, de Anderson, fracassou mais uma vez e se aproximou ainda mais do rebaixamento. Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

"Nós não ganhamos jogo em casa. Tem que ser mais homem. Nós parecemos um time de juvenis". As declarações fortes partiram do goleiro Danilo Fernandes, o principal responsável por evitar uma derrota por mais gols no Itaquerão. Autor de grandes defesas, o goleiro disse não encontrar explicação para os maus resultados do Internacional, que chegou a sua 17ª derrota no Brasileirão de 2016 e já não depende mais de seus resultados para permanecer na elite brasileira. Apesar da atuação fraca diante do Corinthians, direção, jogadores e o estreante técnico Lisca depositaram na arbitragem a maior parcela pelo resultado negativo. "Fomos garfeados mais uma vez", disse o presidente Vitório Piffero durante a entrevista coletiva.

 

Em campo o Inter teve grandes dificuldades para buscar o gol que poderia garantir mais tranquilidade nas duas partidas que ainda restam na luta contra o rebaixamento. Para piorar, Vitinho e Sasha deixaram o campo mais cedo por lesão.

 

O gol da vitória corintiana foi marcado aos 10 minutos, quando Marlone cometeu pênalti muito contestado na Arena. Após a bola cruzada para a área, Ernando subiu para cabecear com Romero e o árbitro assinalou empurrão do zagueiro colorado. Na cobrança, Marlone chutou forte para vencer Danilo Fernandes e marcar o único gol da partida.

 

Com o resultado o Inter segue na 17ª posição, três pontos atrás do Vitória. Para escapar do rebaixamento agora o time do técnico Lisca precisa vencer o Cruzeiro no Beira-Rio e o Fluminense no Rio de Janeiro, além de ter que torcer por tropeços do time baiano ou até mesmo do Sport, que tem 43 pontos, cinco a mais que os gaúchos.


Veja também:


21/08/2017 | 16h57min

» Agenda: Exército promove "Corrida Facho" ao redor da Praça Moisés Viana em Santiago

20/08/2017 | 14h47min

» Brasileirão : Grêmio ficou no zero a zero com o Atlético Paranaense, na Arena

20/08/2017 | 07h41min

» Brasileirão série B: Inter bate o ABC em Natal e alcança quinta vitória seguida


Comentários:


Voltar ao topo